28/11/2022 18h14min - Naviraí
um ano atrás

Gerência de Educação doa livros e recebe bolas confeccionadas por detentos da Penitenciária de Naviraí

As bolas foram produzidas por detentos aqui do muncípio.

Jr.Lopes/Assessoria ► Momento da entrega das bolas aos representantes da educação e esportes

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A Gerência de Educação e Cultura da Prefeitura de Naviraí (GEMED), recebeu na quinta-feira (24/11), 50 bolas esportivas que foram doadas pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por intermédio da Penitenciária de Segurança Máxima de Naviraí (PSMN).

 Em contrapartida e com a finalidade de fortalecer a biblioteca da unidade penal, a Gerência de Educação doou diversos livros para serem lidos pelos detentos por meio do Projeto Remissão pela Leitura, em que a cada livro lido o detento recebe 4 dias de remissão da pena, projeto este que é desenvolvido na unidade prisional de Naviraí.

 As bolas foram recebidas pela Gerente de Educação e Cultura, Tatiane Morch, a Coordenadora Pedagógica da Educação Infantil, Lourdes Matos e o professor de Educação Física, Norberto Puertas.

 Elas serão utilizadas em atividades esportivas nas Escolas de Ensino Fundamental e no Núcleo de Educação Especial, que fazem parte da Rede Municipal de Ensino.

 No total foram entregues a equipe da GEMED 50 bolas, sendo 20 de futsal, 20 de voleibol e 10 de handebol.

 As bolas foram entregues pelo Chefe de Segurança da Penitenciária de Naviraí Heriberto Cardoso Consoli (representando o diretor da penitenciária Jonas dos Santos Ferreira, que está de férias), o chefe de manutenção, Nelson Antônio Cáfaro e membros da Polícia Penal da Penitenciária,.

 Confeccionadas por detentos as bolas esportivas são de ótima qualidade, fruto do trabalho dos apenados e tem se tornado uma eficaz ferramenta capaz de proporcionar novas perspectivas de vida aos custodiados, além de contribuir para a disciplina interna nas unidades penais do Estado, promovendo a mudanças de comportamento aos apenados.

 As bolas costuradas (de futsal e handebol), foram produzidas por detentos de Naviraí e as vulcanizadas (de voleibol), foram produzidas em outra unidade penal do Estado.

 Júnior Lopes/ Assessoria