01/04/2024 09h57min - Geral
2 meses atrás

Governador começa a semana debatendo mudanças climáticas

Evento marcado para as 9h, no Sebrae da Capital

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Campo Grande News


Além das agendas internas neste início de semana, o governador Eduardo Riedel (PSDB) participa nesta segunda-feira (1º), às 9h, da abertura do Fórum Estadual de Mudanças Climáticas de Mato Grosso do Sul: “Por um MS Verde, o tempo é agora”. O evento será no Sebrae MS, com sede na Avenida Mato Grosso, nº 1661, no Centro de Campo Grande.

Na ocasião, serão assinadas a resolução para melhorar as salvaguardas e governança do Fórum, o termo de cooperação entre Semadesc e Sebrae - 'RoadMap: Território Carbono Neutro', e ainda será lançado o edital de Mudanças Climáticas – FUNDECT (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) .

Ainda, haverá a palestra do professor doutor Daniel Vargas, sobre "Transição Climática e Conversão do Verde em Valor". A pauta verde faz parte de um dos quatro pilares do programa de governo do governador durante sua gestão.

“Esse é o primeiro Fórum e ele passa a ser o evento mais importante do calendário de meio ambiente do Estado. Em 2022, o Governo do Estado implantou o Fórum Estadual de Mudança Climática. Agora, ele será ativado e é no Fórum, através do seu comitê científico e das suas câmaras técnicas, que serão discutidas as políticas públicas relativas ao meio ambiente no estado”, informa o secretário-executivo de Meio Ambiente da Semadesc, Artur Falcette.

Programação 

 Durante o período da tarde de segunda-feira (1º), o evento se concentrará em dois painéis temáticos. No primeiro, intitulado “Agenda climática: missões e mitigação”, especialistas como Renato Roscoe, Jeconias Júnior e Mônica de Los Rios discutirão sobre a adesão dos municípios à agenda climática, estratégias estaduais de Redd+ jurisdicional, e o papel do setor produtivo nesse contexto.

O segundo painel, “Conectando os três pilares da sustentabilidade na prática”, trará reflexões sobre ações de restauração como indutoras de desenvolvimento, produção sustentável e seus impactos sociais, e a contribuição do turismo para a ação climática, além do Programa MS Carbono Neutro 2030.

No dia seguinte, 2 de abril, o fórum oferecerá oficinas práticas, todas voltadas para a aplicação de soluções sustentáveis em diferentes setores, como pecuária, manejo do fogo, estratégias de carbono neutro, conservação de recursos hídricos e modelos inovadores de agropecuária sustentável. 

 CAMPO GRANDE NEWS