14/05/2024 11h01min - Naviraí
2 semanas atrás

Naviraí entrega no RS donativos para vítimas de enchente de Sobradinho

A quantidade surpreendente de doações superou as expectativas

JL Bressa ► Quantia de doações surpreendeu os organizadores

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


As doações dos habitantes de Naviraí finalmente chegaram a Sobradinho, trazendo consigo uma onda de esperança e auxílio para aqueles afetados pelas enchentes devastadoras.

 No entanto, a quantidade surpreendente de doações superou as expectativas, levando o envio do excedente para outras cidades necessitadas no Rio Grande do Sul.

Alex Lira, presidente do Sindicato Rural de Naviraí e envolvido diretamente no transporte das doações para o Rio Grande do Sul, compartilhou suas impressões ao chegar à cidade de Sobradinho. 

Em entrevista ao Portal do Conesul, ele destacou as dificuldades enfrentadas no trajeto para chegar com as carretas em outras cidades originalmente planejadas, o que exigiu a reformulação da rota devido às fortes chuvas. Foi então que receberam informações sobre um centro de distribuição em Passo Fundo, redirecionando o percurso para lá. 

No Centro de Distribuição em Passo Fundo, Lira testemunhou uma estrutura de logística impressionante montada para atender as cidades afetadas. 

Ele ressaltou o trabalho incansável dos voluntários, que dedicadamente classificam e distribuem as doações conforme sua categoria.

Em um depoimento emocionado, Geise Antonini compartilhou suas próprias dificuldades emocionais ao presenciar o sofrimento do povo gaúcho diante das enchentes.

 Ela reiterou a importância das doações e apelou para que as pessoas continuem contribuindo.

Geise, que tem acompanhado de perto o transporte das doações, compartilhou em suas redes sociais sua experiência no SOS Centro de Distribuição em Passo Fundo. 

Contudo, ela lamentou que as adversidades climáticas, como enchentes, deslizamentos de terra e a destruição de pontes, estejam dificultando o avanço das carretas para outras localidades. 

Até mesmo helicópteros e aviões enfrentam dificuldades de decolagem devido à falta de condições meteorológicas adequadas.

Relatos de moradores destacam a preocupação com a barragem de Caxias, mencionada por Geise, adicionando uma camada extra de tensão a essa situação já delicada. 

Portal do Conesul/ JL Bressa