21/09/2023 10h44min - Geral
7 meses atrás

Aprovação a Riedel cresce e está em 40,1% de bom e ótimo

Pesquisa do Instituto Ranking Brasil Inteligência ouviu duas mil pessoas em Campo Grande

A.Resende ► Avaliação do Governo Riedel vem agradando segundo a pesquisa

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A estratégia de gestão do governador Eduardo Riedel (PSDB) pouco a pouco vem ampliando a sua ressonância positiva junto aos eleitores de Campo Grande. 

É isto o que revela a mais recente pesquisa do Instituto Ranking Brasil, dando conta que o governo de Riedel recebeu 40,1% de bom e ótimo, enquanto 17,3% o consideram ruim ou péssimo.

Os que deram a classificação como regular foram 37,2%, ao passo que 5,4% não souberam ou não responderam.

 A avaliação positiva cresceu 1,85%. Na pesquisa anterior, em julho, Riedel recebeu 38,25% para bom e ótimo; agora, a taxa subiu para 40,1%.

Em contrapartida, a avaliação de ruim e péssima caiu 1,2% (de 18,5% para 17,3%). 

Sobre o governador Eduardo Riedel, 71% disseram que o aprovam e apenas 25% desaprovam, enquanto 4% não sabem ou não responderam.

LULA

O presidente brasileiro teve sua pontuação de bom e ótimo reduzida em dois pontos percentuais: era 35% em julho e agora está em 33%. 

A compensação é que nos itens ruim e péssimo as taxas também sofreram queda: de um ponto percentual (de 33% para 32%). 

O Instituto questionou os entrevistados se eles aprovam ou desaprovam o presidente Lula e 50% disseram que aprovam, enquanto 46% falaram que desaprovam e 4% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi realizada de 10 a 16 deste mês, entrevistando dois mil moradores das sete regiões urbanas de Campo Grande (Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo), com 16 anos ou mais de idade. 

Segundo o Instituto Ranking Brasil Inteligência, o intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima é de 2,75% para mais ou para menos.

folhadecampogrande