13/12/2022 08h53min - Geral
um ano atrás

ALEMS entrega honraria a 43 engenheiros que contribuíram com MS

Honraria reconhece o trabalho de profissionais que contribuíram com o fortalecimento das engenharias e com o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Foto: Wagner Guimarães/ALEMS ► 

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


A proposição do evento foi do deputado Renato Câmara (MDB) em conjunto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-MS), que reconheceu o trabalho de profissionais que contribuíram com o fortalecimento das engenharias e com o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

 “Essa é uma profissão tão importante, que tem ajudado em tantas áreas, pois há engenheiros em empresas privadas e públicas. É uma honra como engenheiro agrônomo poder ocupar essa cadeira no Legislativo por três vezes. Esse evento é uma conquista de todos nós, pois aqui cada um tem uma história de dedicação a esse ofício, que através de seu conhecimento tem ajudado a desenvolver o Estado. Se hoje somos um local rico, próspero e de oportunidades, com certeza a engenharia muito contribuiu para esse progresso. Vocês são merecedores dessa honraria”, discursou o deputado Renato Câmara.

 O evento também foi prestigiado pelos deputados Evander Vendramini (PP), Mara Caseiro (PSDB), João Henrique (PL) e Lucas de Lima (PDT). A honraria, instituída pela Resolução 01/2022, de autoria de Câmara, visa homenagear o engenheiro falecido em 2021, em decorrência da Covid-19. José Francisco era professor na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e foi referência na engenharia do Estado. Formado pela Universidade Estadual de Mato Grosso (UEMT) em 1976 e mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ele faleceu em 2011, aos 69 anos.

 Em seus mais de 40 anos de profissão, Zé Francisco, como era carinhosamente chamado, foi, além de conselheiro, presidente do CREA-MS de 1988 a 1990. Em sua gestão criou inspetorias e sempre foi muito estimado pelo corpo funcional da instituição. “O professor de mais de 2 mil engenheiros e arquitetos, o mestre das pontes, bem-humorado, o amigo camarada sempre disponível e organizador das confraternizações. Esse foi o Zé Francisco. E hoje nos sentimos honrados em promover essa homenagem, a essa profissão que é uma das primeiras a ser regulamentada no país. Somamos quase 1 milhão de profissionais no Brasil, entre mais de 300 engenharias. Mais do que uma motivação, esse evento mostra à sociedade a importância desses profissionais. Em Mato Grosso do Sul somos quase 12 mil engenheiros”, explicou a atual presidente do CREA-MS, a engenheira agrimensora Vânia Mello.

Na sessão esteve presente a viúva de Zé Francisco, Nágila Aparecida Medeiros de Lima. Ela contou que vieram para Mato Grosso do Sul ainda muito jovens e que ambos queriam fazer a diferença. “A engenharia sempre foi foco e uma construção ao longo dos anos. Ele foi um profissional que fez a diferença e está sempre presente na nossa memória. A vida dele foi de muita dedicação. Tem muita história com os colegas de profissão, com a empresa e com os alunos, é um legado que fica e Mato Grosso do Sul precisa de mais pessoas assim, uma inspiração”, disse Nágila que esteve casada com José Francisco por 48 anos.

 Gabriel de Lima, neto de José Francisco, também falou sobre o avô. “Ele fazia tudo com o coração, fazia com paixão, essa homenagem abraçou todos nós, ninguém esperava uma medalha com o nome dele, mas em eventos como esse que temos a certeza do quanto ele era querido. E falando da engenharia, ela nos dá inúmeras possibilidades e ajuda muito a população, no sentido de ir e vir, morar melhor, ter mais conforto. Muito obrigada por essa homenagem”, ressaltou Gabriel, que também se formou em Engenharia Civil.

 Homenageados

A solenidade ocorreu em alusão ao Dia do Engenheiro, comemorado em 11 de dezembro e homenageou 43 profissionais. Emocionado, Benetido Mário Lázaro, falou em nome dos homenageados. "Eu estou muito honrado por esta homenagem. Todos nós estamos. Agradecer a Deus por tanta gente de bem. Quero agradecer a instituição do CREA-MS, que é a melhor do país. Também agradecer a família do Zé Francisco, que deixou um grande legado, construindo muitas pontes aproximando lugares e também pessoas. Essas pegadas tenho certeza que continuarão e nós também deveríamos fazer o mesmo. Gratidão ao deputado para que essa homenagem pudesse ser criada. Homenagear pessoas que deram sua vida e seu suor para que o Estado seja pujante que é hoje e com certeza será ainda melhor", disse o engenheiro agrônomo. 

Em nome do Governo do Estado, o secretário de Estado de Infraestrutura, Renato Marcílio da Silva, também usou a palavra. “Trabalhei com o Zé Francisco. Ele era sensacional, extremamente capacitado e preocupado em fazer engenharia. Quanto eu fui nomeado secretário eu disse que não aceitava a burocracia prevalecer e engenharia correr atrás. O Zé era essência disso. Essa é uma profissão fantástica, em que usamos os números para beneficiar as pessoas, é saber chegar ao resultado, é orientar raciocínios. Tenho muito orgulho em ser engenheiro e é uma justa homenagem a todos nós. Que os novos venham. Eu sempre digo: está em dúvida? Faça engenharia, que depois você sempre vai ter com o que trabalhar”, enalteceu o secretário.

 Além de Renato Marcílio, Benedito Mário e Nágila de Lima, também foram homenageados por proposição dos deputados estaduais: Rodrigo Otávio Costa Machado, Téo Martins Costa, Odir Garcia de Freitas, Celso Antônio Salmazo, Mauro Azambuja Rondon Flores, Domingos Sahib Neto, Vinícius Alves Martins, Mario Sergio Caseiro do Canto, Tatiane Machado Barbosa, Madson Ramão, Evandro Adelino Lucena, Aguiar Lopes Pael Junior, Juliano de Andrade Pizzatto, Leandro Marciano Marra, Lucas Centenaro Foroni, Marcelo Vinhaes Monteiro, Renato Marcílio da Silva, Sueli Santos Teixeira, Vander Henrique Nunes Dosso e Werner Semmelroth.

Por proposição do CREA-MS também foram homenageados: Andréa Teresa Riccio Barbosa, André Nogueira Borges, Carlos Clementino Moreira Filho, Celso de Souza Martins, Egídio Vilani Comin, Elizabeth Sumiko Anami, Elizeu José Scariot, Germison Vital Tomquelski, Halberth Dutra de Oliveira, Luiz Anísio Bortoluzzi, Maria da Glória Vieira Lorenzzetti, Mariana Amaral do Amaral, Mário Maurício Vasquez Beltrão, Paula Pinheiro Padovese Peixoto, Ricardo Schettini Figueiredo, Ronaldo José Severino de Lima, Sandra Regina Bertocini, Tânia Mofreita Bruno Szochalewicz Ribeiro Dantas, Tereza Cristina Correa da Costa Dias, Themis de Oliveira, Valter Almeidada Silva e ainda o próprio deputado proponente do evento, Renato Pieretti Câmara.

Fonte: Agência ALEMS