31/08/2015 14h27min - Polícia
7 anos atrás

Após silêncio na CPI, José Dirceu presta depoimento à Polícia Federal

lava jato

terra ► José Dirceu ficou calado na CPI da Petrovbás e deve fazer om esmo na Federal

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Após ficar em silêncio na sessão da CPI da Petrobras na manhã desta segunda-feira (31), em Curitiba, o ex-ministro José Dirceu prestará depoimento à Polícia Federal (PF) nesta tarde. A informação foi confirmada ao G1 por Roberto Podval, advogado que o representa. O advogado também afirmou que o ex-ministro ficará calado mais uma vez. O ex-ministro da Casa Civil é suspeito de praticar crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Ele foi preso no dia 3 de agosto, quando a 17ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada. Desde então, ele está detido na carceragem da PF, na capital paranaense. CPI da Petrobras Integrantes da CPI da Petrobras começaram a ouvir presos da Operação Lava Jato nesta segunda, em Curitiba. A comitiva de deputados deve ficar na cidade até quinta-feira (3) para, além de ouvir os presos, fazer acareações entre eles. As sessões serão realizadas às 9h, no prédio da Justiça Federal. Esta é segunda vez que os parlamentares vão à capital do Paraná para ouvir investigados que estão detidos na cidade. A primeira vez foi em maio. Todos os presos que participaram da CPI nesta manhã ficaram calados. Além de Dirceu, foram interrogados pelos deputados: Jorge Luiz Zelada, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras; Otávio Marques de Azevedo e Elton Negrão de Azevedo, executivos da Andrade Gutierrez; e João Antônio Bernardi, funcionário da empresa Saipem. terra