11/12/2023 15h00min - Geral
5 meses atrás

Com 51 prefeitos no PSDB, Reinaldo diz que “não basta ganhar a eleição, tem que fazer gestão e entregas”

Atualmente a genda tem 51 prefeitos no Estado

Agencia MV ► Presidente estadual da legenda vem trabalhando para o aumento de filiados

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Redação


Hoje o PSDB tem 50 prefeitos filiados e mais um garantido, totalizando 51, filiações asseguradas por conta da política municipalista  desenvolvida no Estado na minha gestão e na do Eduardo Riedel, afirmou o ex-governador e atual presidente estadual do partido, Reinaldo Azambuja em entrevista a emissora de rádio de Campo Grande.

“Mas – advertiu, no nosso entendimento não basta ganhar a eleição. É preciso fazer uma boa gestão para que os eleitos possam entregar obras e serviços de qualidade para a população, retribuindo com trabalho a confiança recebida nas urnas”.

Nesse sentido, Reinaldo diz que o primeiro semestre de 2024 será muito utilizado para a formação de bons quadros, escolha ou preparação de candidatos que tenham liderança política mas também capacidade administrativa e boas equipes para fazer acontecer os planos de governo.

Reinaldo atribui o crescimento do PSDB justamente ao resultado das administrações que colocaram o Estado na liderança em vários rankings nacionais, como o maior investimento per capita, maior crescimento do PIB, elevados índices de empregabilidade, liberdade econômica para atrair novas indústrias. “A população entendeu que pode confiar e entregou seu voto aos nossos candidatos”.

Riedel se elegeu com base nas propostas de trabalho sérias e que tinham credibilidade, justamente porque como secretário de Governo tinha ajudado a implantar as políticas públicas em execução. Agora, nas eleições municipais, Reinaldo diz que o objetivo do PSDB é formar bons quadros e buscar alianças “com partidos que têm ideias semelhantes às nossas e com os quais temos afinidades”.

Crescimento em 2023

Dos 51 prefeitos do PSDB, 14 se filiaram esse ano, durante a presidência de Reinaldo Azambuja no comando do partido. Ingressaram na legenda os prefeitos de Miranda, Tacuru, Paranhos, Ivinhema, Juti, Itaquiraí, Água Clara, Paranaíba. Santa Rita do Pardo, Bonito, Angélica, Iguatemi, Glória de Dourados e Antônio João (a se filiar).

O PSDB tem em seus quadros 17 vice-prefeitos, 243 vereadores, seus deputados estaduais e três federais, além do governador do Estado. Reinaldo cegou a ser convidado para assumir a presidência nacional do partido, mas preferiu ficar no Estado. Hoje ele é tesoureiro do Diretório Nacional.

Na entrevista, Reinaldo falou do empenho para aumentar a participação feminina na política e buscar a presença de mais jovens, sobretudo através dos segmentos da Juventude, Diversidade e Tucanafro. “A sociedade é plural e a política também deve ouvir e atrair pessoas de todas as idades, classes sociais e orientação, de forma a ser capaz de bem representar ao coletivo da comunidade”.

Esse trabalho será ampliado no primeiro semestre de 2024, no período que antecede as eleições para motivar e qualificar os candidatos à vereança e às prefeituras.

Reinaldo reafirmou que as decisões políticas do PSDB estadual respeitam a orientação que vem das bases. “A gente faz política de baixo pra cima, porque cada cidade tem suas peculiaridades e elas precisam ser reconhecidas e ouvidas”.

Na Capital, apesar do apoio do PP a Eduardo Riedel na campanha passada, agora a realidade é outra, disse o presidente tucano. “Nós temos uma candidatura consolidada que é a deputado federal Beto Pereira, que julgamos o mais capaz de gerir a nossa Cidade Morena. Seremos adversários no município mas não inimigos”, concluiu, se referindo à senadora Tereza Cristina.

Agencia MV