26/10/2023 14h44min - Política
8 meses atrás

Mara Caseiro solicita instalação de ares-condicionados em todas as escolas da rede estadual

As escolas estaduais de Mato Grosso do Sul atendem aproximadamente 180 mil alunos

Foto/Assessoria ► 

Odilo Balta / jornalcorreiodosul@terra.com.br
Fonte: Assessoria de Comunicação


Para um ambiente escolar confortável tanto para os alunos quanto para o corpo administrativo, a deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) solicitou ao secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo Filho e ao secretário estadual de Educação, Hélio Queiroz Daher, a realização de estudos para a disponibilização de aparelhos de ares condicionados em todas as escolas da rede pública estadual de Mato Grosso do Sul.

 O pedido atende solicitações de diretores e professores que estão sofrendo com o calor dos últimos dias, nas salas de aula e nos setores administrativos das unidades escolares.

As escolas estaduais de Mato Grosso do Sul atendem aproximadamente 180 mil alunos distribuídos em 348 unidades escolares, sendo que destas, 172 oferecem ensino integral aos alunos. “Ar-condicionado não é luxo, é uma necessidade, especialmente nesses dias de tanto calor”, afirmou a deputada.

As altas temperaturas atingidas em nosso estado, fazem com que a sensação térmica chegue à níveis insuportáveis, impedindo que os alunos atinjam seu máximo rendimento escolar, fato que é extremamente prejudicial e reverberará por toda sua trajetória.

“Há tempos que os aparelhos de ar condicionado deixaram de ser considerados equipamentos opcionais de conforto, se tornando essenciais e indispensáveis”, reforçou Mara Caseiro.

A parlamentar também solicitou que sejam feitas adequações na rede de energia elétrica das escolas da rede pública estadual possibilitando a instalação e funcionamento dos aparelhos de ar condicionado nos locais em que houver necessidade. 

“Diante disso, ou seja, dos benefícios que a disponibilização destes aparelhos trará a toda comunidade escolar, peço que a indicação seja prontamente atendida”, finalizou.